Dez imagens que marcaram o Esso

A conquista do Esso, considerado o principal e mais tradicional prêmio de jornalismo brasileiro, é sem dúvida um dos pontos altos na carreira de qualquer profissional. Para os repórteres fotográficos não é diferente. Por meio de imagens captadas em suas inseparáveis câmeras, eles perenizam no subconsciente dos brasileiros a história recente de nosso País.

Confira a seguir uma lista com os vencedores do Prêmio Esso de Fotografia nos últimos dez anos:

 

2015: Lava Jato PlanaltoDida Sampaio (Estadão)

Em meio às investigações da Operação Lava Jato, o repórter fotográfico do Estadão no Distrito Federal capturou o momento em que a presidente Dilma Rousseff passava de bicicleta em frente a um lava à jato.

Crédito: Dida Sampaio (Estadão)
Crédito: Dida Sampaio (Estadão)

 

 2014: Crime à liberdade de ImprensaDomingos Peixoto (O Globo)

A imagem mostra o momento em que o repórter cinematográfico Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, é atingido por um foguete disparado por integrantes de manifestação no centro do Rio de Janeiro. Santiago não resistiu aos ferimentos.

 

Crime à liberdade de imprensa
Crédito: Domingos Peixoto (O Globo)

 

2013: PM ferido afasta agressoresVictor Dragonetti Tavares (Folha de S.Paulo)

Durante os protestos de junho de 2013, em São Paulo, o fotógrafo registrou o momento em que um policial, ferido na cabeça, imobilizava um manifestante e apontava a arma para o grupo que havia acabado de agredi-lo.

 

Victor Dragonetti Tavares (Folha de S.Paulo)
Crédito: Victor Dragonetti Tavares (Folha de S.Paulo)

 

2012: TouchéWilton Junior (Estadão)

A foto registra por um ângulo inusitado a presidente Dilma Rousseff no momento em que passava em revista a tropa na cerimônia de entrega de espadins aos cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro.

 

Crédito: Wilton Junior (Estadão)
Crédito: Wilton Junior (Estadão)

 

2011: Violência abortadaEpitácio Pessoa (Estadão)

Graças ao trabalho do repórter fotográfico, uma ação violenta foi evitada contra um jovem reciclador de 19 anos que se encontrava amarrado e prestes a ser assassinado em Lorena (SP).

Crédito: Epitácio Pessoa (Estadão)
Crédito: Epitácio Pessoa (Estadão)

 

2010: Faroeste cariocaAlexandre Vieira (O Dia)

O jornalista acompanhou cenas de desespero quando passava pela Avenida Brasil, no Rio de Janeiro. A sequência chocante de imagens mostra um tiroteio entre policiais à paisana e um suposto assaltante, que só terminou após a morte do criminoso.

Crédito: Alexandre Vieira (O Dia)
Crédito: Alexandre Vieira (O Dia)

 

2009: Exilados na fome Arnaldo Carvalho (Jornal do Commercio/PE)

Após percorrer nove estados do Nordeste, o repórter fotográfico ilustrou com suas fotos o trabalho Exilados na fome, publicado no Jornal do Commercio (PE). Em um dos registros mais marcantes, ele captou o sofrimento de uma menina de pouco mais de um ano de idade que ficou cega por inanição.

 

Crédito: Arnaldo Carvalho (Jornal do Commercio/PE)
Crédito: Arnaldo Carvalho (Jornal do Commercio/PE)

 

2008: Martírio no presídio Clóvis Miranda (A Crítica/AM)

O repórter fotográfico captou momentos únicos da rebelião no Instituto Penal Antônio Trindade, em Manaus. A fotografia mostra um dos detentos no momento em que era removido, depois de ter sido torturado e mutilado. Além de chocante, lembra a imagem de Jesus Cristo sendo retirado da cruz.

 

Crédito: Clóvis Miranda (A Crítica/AM)
Crédito: Clóvis Miranda (A Crítica/AM)

 

2007: Mãe salva filho em piscinão Tiago Brandão (Comércio da Franca)

A sapateira Maria Jerônima Campos, de 36 anos, num ato de desespero, joga-se em um poço, mesmo sem saber nadar, para salvar seu filho de nove anos, que caíra no mesmo local momentos antes.

Crédito: Tiago Brandão (Comércio da Franca)
Crédito: Tiago Brandão (Comércio da Franca)

 

2006: Engenheiro é morto no centro Marcelo Carnaval (O Globo)

O silencioso desespero de uma mãe ao amparar no colo o filho morto a tiros momentos antes, em uma das ruas do Centro do Rio de Janeiro.

Crédito: Marcelo Carnaval (O Globo)
Crédito: Marcelo Carnaval (O Globo)

 

Deixe uma resposta

*