MP-RN premia reportagens sobre Democracia

O Ministério Público do Rio Grande do Norte premiou em 6/12 os vencedores da sexta edição de seu Prêmio MP-RN de Jornalismo. A cerimônia, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal, contemplou trabalhos de destaque produzidos no Estado sobre o tema Democracia – Informação e Ação.

Para cada categoria foram distribuídos R$ 3,5 mil, R$ 2,5 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente aos primeiros, segundos e terceiros colocados. Confira a relação dos premiados:

 

Webjornalismo

  • 1º: Francisco Ricardo S. de Araújo, da Tribuna do Norte, com Canto das Marias – História de violência contra a mulher
  • 2º: Frederico Augusto da S. Carvalho, do G1, com Desvios no Idema chegam a R$ 35 milhões, aponta relatório do TCE/RN
  • 3º: Anderson da Silva Simões Barbosa, também do G1, com Operação combate facção que age dentro dos presídios do RN

 

Radiojornalismo

  • 1º: Mallyk Nagib Gonçalves de Sousa, da CBN Natal, com UBER x Táxi em Natal
  • 2º: Ciro Marques, da 96 FM, com Trânsito de carroças em Natal
  • 3º: Roberta Trindade, também da CBN, com Transformando destinos e as estratégias de enfrentamento às drogas

 

Jornalismo Impresso

  • 1º: Norton Rafael Neves de Amorim, do Novo Jornal, com F.S, 15 anos, estuprada pelo padrasto até engravidar
  • 2º: Cledivânia Pereira e Aura Mazda, da Tribuna do Norte, com AL triplicou vagas de comissionados em 5 anos
  • 3º: Arthur Barbalho, também da Tribuna do Norte, com Fraudes em Parnamirim ocorreram entre 2009/15

 

Telejornalismo

  • 1º: Matheus Magalhães, João Gonçalves da Silva, Edson Alves Bezerra e Sérgio Murilo de Faria, da TV Assembleia, com 100 anos da Ponte dos Ingleses
  • 2º: Roberta Trindade, da TV Tropical, com MP no combate à violência contra a mulher
  • 3º: Victor Ferreira de Lima e Francisco Ricardo Silva de Araújo, da TV Ponta Negra, com Mulheres buscam apoio para romper com o ciclo da violência doméstica

 

Fotojornalismo

  • 1º: Magnus Nascimento, da Tribuna do Norte, com Inércia e depredação

 

Estudante

  • 1º: Nathália Gomes, Alessandra Imperial, Jaqueline Barbosa, Sillas D’Nóbrega e Danielly Costa, para o Novo Jornal, com a matéria Adoção, amor além da escolha
  • 2º: Wallace Maxsuel de Azevedo, também para o Novo Jornal, com Transparência opaca
  • 3º: Iago Matheus Cruz, Ana Paula de Freitas Mafra, Andréa Ferreira da Figueiró, Daltro Emerenciano, Ilma Emerenciano e Débora Anne do Nascimento, novamente para o Novo Jornal, com Consórcio como solução pode acabar com lixões

Deixe uma resposta

*